“Prêmio de Jornalismo Ambiental chega para preencher área carente”

02/09/2014 | 11h35

Diretor cultural da ARI, Antônio Goulart, exalta a importância da primeira edição do concurso

A criação de um concurso de Jornalismo é sempre um fator estimulante para o profissional da imprensa. Partindo dessa ideia, a ARI (associação Riograndense de Imprensa), a Abes (Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental) e a Braskem lançaram a primeira edição do Prêmio José Lutzenberger de Jornalismo Ambiental, com o intuito de incentivar a produção de matérias que mostrem experiências positivas em prol do meio ambiente e reconhecer trabalhos que destacam novas tecnologias e esforços de todas as esferas da sociedade.

Para o diretor cultural da ARI e coordenador do setor de concursos da entidade, Antônio Goulart, a iniciativa preenche um espaço: “Entre as dezenas de promoções que, anualmente, são oferecidas aos meios de comunicação, abrangendo os mais diversos assuntos, a área ambiental, cuja importância ninguém discute, estava carente”, reflete. Para o dirigente, o momento é oportuno para o lançamento, pois também homenageia a memória de um dos pioneiros da ecologia no Rio Grande do Sul, que foi José Lutzenberger.

Goulart exalta o prêmio destacando a aceitação de sua estreia entre os profissionais de imprensa. Segundo ele, são mais de 60 trabalhos concorrentes em suas seis categorias - jornalismo impresso, fotojornalismo, radiojornalismo, telejornalismo e webjornalismo e universitário -, e o número deverá aumentar até o final das inscrições, no próximo dia 28. “O concurso já dá sinais de que veio para ficar. É o primeiro passo e já demonstra que sua aceitação está plenamente solidificada”, comemora Goulart.

Os trabalhos inscritos deverão ter sido divulgados no período de 1/10/2013 a 30/07/2014, e o Prêmio Braskem de Jornalismo Universitário é dedicado aos estudantes de Jornalismo das faculdades sediadas no Rio Grande do Sul. “Foi criada uma categoria especial para os nossos futuros comunicadores. Também eles terão um estímulo a mais para aprofundar seus estudos nesta área e entrar numa sadia competição”, salienta Goulart.

As inscrições podem ser feitas através do site www.premiojornalismoambiental.com.br.


<< voltar para Notícias