ABES-RS

ABES-RS

A Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental – ABES é uma organização não governamental, de caráter nacional, sem fins lucrativos, fundada em 1966. Reúne profissionais e empresas do setor visando contribuir com a melhoria dos serviços de saneamento e da qualidade ambiental no Brasil.

Entre as muitas atividades desenvolvidas, está a atuação junto aos profissionais de imprensa. Somente com uma população informada e consciente das responsabilidades alcançaremos a universalização do saneamento e a promoção da saúde ambiental no Brasil.  No Rio Grande do Sul, onde viveu e atuou o grande ambientalista José Lutzenberger, a ABES junta-se aos parceiros ARI e BRASKEM para valorizar e premiar as boas matérias jornalísticas dedicadas a esclarecer a sociedade sobre problemas, apontar alternativas de solução e divulgar iniciativas de transformação da realidade. 


Associação Riograndense de Imprensa

Associação Riograndense de Imprensa

Os veículos de comunicação e o trabalho dos jornalistas servem de alerta para problemas e ações que precisam ser enfrentadas pelos governos, através de variadas esferas e com a colaboração do cidadão. Sobre política ambiental, aparecem opiniões que alertam aos jornalistas e a comunidade especializada para a vigilância dos cuidados com os recursos naturais. A Associação Riograndense de Imprensa – ARI expressa defesa do desenvolvimento ambiental responsável e das boas práticas de sustentabilidade.  Ao lado da Abes e da Braskem reconhecemos o trabalho do jornalismo ambiental através do Prêmio José Lutzenberger. Aproveito para cumprimentar a todos os colegas jornalistas e estudantes que se dedicam ao tema. Renovo a certeza, que em 2019, com a força do jornalismo ambiental surjam novas ações transformadoras  em favor da sustentabilidade  do nosso planeta.


BRASKEM

BRASKEM

A Braskem acredita no potencial de transformação das pessoas quando estas se dedicam a promover o desenvolvimento sustentável. A empresa conta com 8 mil Integrantes que se empenham todos os dias para melhorar a vida das pessoas por meio de soluções sustentáveis da química e do plástico, engajados na cadeia de valor para o fortalecimento da Economia Circular. Mas para que este movimento se consolide, é preciso que a Paixão por Transformar vá além das nossas fronteiras.  
Para que este seja um movimento global, é preciso reverberar os bons exemplos. É para estimular a produção de reportagens positivas e incentivar o debate sobre o desenvolvimento sustentável que a Braskem vem realizando o Prêmio José Lutzenberger de Jornalismo Ambiental, em conjunto com a ABES/RS. O jornalismo desempenha um papel fundamental no sentido de dar visibilidade às ideias, tecnologias e ao trabalho de quem entende a importância de ir em busca de alternativas sustentáveis.
A expectativa é que, ao colocar o desenvolvimento sustentável em pauta, não apenas a imprensa, mas toda a sociedade volte o olhar para as inúmeras possibilidades de crescer em sintonia com o futuro do planeta, racionalizando a produção, o consumo, o descarte e o reuso dos recursos, de forma mais eficiente e sustentável, tema que é um dos pilares da Braskem.